08 março 2012

Dona Eva e Senhorita Preciosa

                                                     colares-de-perolas
Nesta semana em que se comemora o dia internacional da mulher, vou compartilhar aqui no blog sobre a vida de duas mulheres que viveram em épocas distintas e marcaram de tal forma a história que fazem parte do livro mais lido e didático do mundo: a Bíblia.Primeiro vamos a casa de Dona Eva, que na verdade mora em um jardim lindo, repleto de árvores frutíferas e feras domesticadas.Se você quiser ir comigo,o endereço é Genesis 3.
Ao chegar lá, me deparei com uma cena um tanto quanto inusitada, Eva estava  em um sério debate com uma serpente. Me aproximei e pude entender que falavam sobre um certo fruto a que Deus tinha proibido Eva e seu marido que tocasse. A serpente tinha argumentos convincentes, com muita determinação ela dizia que comer daquele fruto seria um grande negócio para a vida da Dona Eva.A mulher ficou convencida que  sua vida seria muito melhor se comesse do fruto e em uma atitude impetuosa, sem refletir, sem buscar uma segunda opinião, (neste caso a opinião de Adão) Eva não resistiu e comeu do fruto.As consequências foram gingatescas não só para ela mas para todas as gerações, Dona Eva e seu marido foram expulsos por Deus do jardim do Éden e o pecado entrou no mundo.
Mas continuando a viagem, a próxima parada foi na casa de Naamã, o chefe do éxercito da Síria. O endereço desta vez é II Reis 5. E lá vamos nos encontrar com uma menina que sequer tem seu nome mencionado na Bíblia, mas que teve uma atitude tão especial, que vou lhe chamar de Preciosa. Preciosa era uma menina ainda, contudo já trabalha como escrava na casa deste importante guerreiro que estava leproso. Preciosa viu a doença de seu senhor como uma oportunidade de falar sobre Deus. Fez com que chegasse ao conhecimento de Naaamã que ele deveria ir ao encontro do profeta  Eliseu e solicitar que o Deus de Israel o curasse. Através da atitude daquela pequena escrava, Naamã foi curado e pode reconhecer a soberania do nosso Deus.
Com Dona Eva aprendemos que atitudes impensadas, e a falta de comunicação com os outros poderá nos levar a sofrer consequências eternas. E que os homens não nos ouçam, mas não pensar antes de falar ou tomar uma atitude por vezes  impensadas é comum nas nossas vidas, né mulherada?
Pensar duas, três  ou até quatro vezes , pode  não significar indecisão e sim prudência. Pedir opinião do pai, do marido, dos irmãos e dos líderes talvez pode ter ajudar a ter uma atitude menos emocional e mais racional.
Já com a senhorita preciosa aprendemos que um pouco de doçura aliada a oportunidade correta e a fé pode realizar grandes feitos e Deus ser engrandecido  por intermédio das nossas vidas. Preciosa tinha mil motivos para estar reclamando da vida,estava trabalhando de escrava na casa de um leproso, longe de casa e do seu povo. Mas seu coração estava perto do seu Deus. Preciosa aproveitou o tempo de adversidade para testemunhar e propagar o Deus de Israel.
Eva nasceu para ser uma pedra preciosa, era única, desenhada pelo próprio Deus e Senhora de lindo jardim, mas se deixou enganar por satánas e acreditou que Deus não lhe dava o devido valor. Preciosa mesmo sendo escrava, entendeu que Deus a amava e que devia servi-lo independente das circunstâncias.
 Apesar da  história de hoje ter sido contada de uma forma irreverente, devemos analisar essas duas personagens bíblicas e aprendermos com elas.Temos muita vida para viver e saber qual o melhor caminho a seguir vai nos ajudar a evitar erros desnecessários. Que Deus nos ajude a ter a doçura de Preciosa e nos afaste da teimosia de Dona Eva.

2 comentários:

  1. Ótima interpretação! amei... *-*

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou Day!Deus te abençoe.Jaciara

    ResponderExcluir